terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

O Sábio e a vaquinha

vaquinha-precipicio
Lembro-me de uma história contada por um professor na faculdade, que traz uma lição importante para a nossa vida.
Conta-se que um velho sábio viajava pelo mundo com seu discípulo, quando se deparou com um sítio muito pobre, e resolveu fazer uma visita aquele lugar. Ao chegar ali, o sábio constatou que uma família com situações precárias vivia naquele lugar, então se dirigiu ao pai daquela família, pediu um copo d’água e começou a conversar; e por fim perguntou:
- Como o senhor e a sua família podem sobreviver num lugar como este? De onde vem o sustento de vocês?
Aquele senhor respondeu:
- Nós sobrevivemos graças a uma vaquinha que temos. Ela nos dá leite todos os dias. Este leite nós vendemos, trocamos na cidade vizinha por alimentos e ainda sobra um pouco para produzirmos queijo e coalhada para o nosso sustento, e assim vamos levando a nossa vida.
O sábio encerrou a conversa, agradeceu pelo copo d’água, chamou o seu servo e foi embora. Ao saírem daquele lugar passaram pelo pasto e viram a pobre vaquinha comendo um resto de capim. O sábio ordenou ao seu discípulo que empurrasse aquela vaquinha num precipício. Sem entender e concordar, o discípulo obedeceu a seu mestre prometendo a si mesmo que um dia voltaria aquele lugar para pedir perdão àquela família por esta decisão tão cruel tomada pelo homem que se dizia ser sábio, dando fim naquilo que trazia sustento para aquela pobre família.
Os anos se passaram, o velho sábio morreu e o seu discípulo saiu pelo mundo conhecendo pessoas e compartilhando tudo o que tinha aprendido, e quando menos esperava, estava próximo daquele velho sítio. Surgiu então uma oportunidade de se redimir com aquela pobre família pendido-lhe perdão.
Quando chegou no lugar, estranhou, pois havia um belo sítio, uma casa grande, árvores floridas, crianças brincando, lindos cavalos, muito gado, pastos verdejantes e muita beleza. Naquela hora o discípulo ficou triste imaginando que aquela família havia padecido a ponto de terem vendido o sítio por causa da velha vaquinha que morreu.
No entanto, quando se aproximou do local, foi recebido pelo caseiro, e ao perguntar sobre aquela família, logo lhe foi apresentado o velho senhor que estava desfrutando de uma tarde de descanso com seus netos. As crianças daquela época agora eram adultas e com famílias formadas e havia muita prosperidade no lugar.
Ao chegar no velho senhor, perguntou-lhe como havia adquirido tanta riqueza e prosperidade naquele lugar, e o velho respondeu:
- Meu jovem, nós tínhamos uma velha vaquinha há anos atrás, era nossa única fonte de sustento, mas um dia a encontramos morta num precipício. Nos desesperamos no começo, mas começamos a fazer outras coisas, desenvolvemos habilidades que desconhecíamos e com isto fomos prosperando, comprando novas terras e hoje possuímos toda esta riqueza.
O jovem discípulo sorriu, pediu um copo d’água e tomou aliviado, agradeceu aquele senhor pela sua generosidade, e seguiu o seu caminho pelo mundo, aprendendo e compartilhando lições.
Muitas vezes nos acomodamos com o pouco que temos, quando Deus quer que venhamos a desenvolver novas habilidades e alcançar as bênçãos que ele já deixou à nossa disposição. Descubra o que você precisa mudar ou jogar fora a partir de hoje e alcançar o sucesso em sua vida.
“Digo-lhes verdadeiramente que, se o grão de trigo não cair na terra e não morrer, continuará ele só. Mas se morrer, dará muito fruto” Jo 12:24 (NVI)
Tome uma atitude agora, e construa uma nova vida!!!!
Pr. Emerson Alves

Nenhum comentário:

Postar um comentário